sexta-feira, 12 de abril de 2013

Resumo da Reunião da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados com a Galileo Educacional

Ontem, quinta feira, dia 11/04 às 16h na sede da Galileo Educacional, localizada na Rua Sete de Setembro, n° 66 - Centro, foi realizada uma reunião da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, composta por 6 Deputados do Rio de Janeiro - Jandira Feghali (PC do B), Alessandro Molon (PT), Celso Jacob (PMDB), Chico Alencar (PSOL), Eurico Júnior (PV) e Stepan Nercessian (PPS) - com a Galileo Educacional, juntamente com o DCE-UGF, DCE-UC, SindMed/RJ, CAMED, UNE, UEE e a Associação de Pais da UGF. Também estava presente 1 representante do MEC, com o objetivo de observar toda a reunião.
Os membros da Galileo que estavam presentes na reunião eram: Alex Porto, Diretor Presidente da Galileo Educacional, Wanderley Cantieri, Diretor de Desenvolvimento de Mercado e Operações, Samuel Dias Dionizio, Diretor Financeiro e de Relação com Investidores, José Raymundo Martins Romeo, Reitor da UGF, Álvaro Reinaldo de Souza, Reitor da UC, Manoel Messias Peixinho, Pró-Reitor Acadêmico da UC, Marcelo Guimarães, Pró-Reitor Administrativo da UC e Suzani Andrade Ferarro, Diretora de Graduação da UC. Os últimos quatro participantes foram  recém nomeados conforme comunicado publicado no site da UniverCidade (Link Abaixo).
http://www.univercidade.br/principal/comunicados/2013/comunicado_nomeacao.htm

A reunião iniciou-se com  Alex Porto, fazendo as devidas apresentações dos membros participantes da Galileo Educacional. Esboçou uma pequena explicação do surgimento da Galileo, não sabendo detalhar e "gaguejando" literalmente. Explicou sobre a nova gestão do Pastor Adenor Gonçalves, onde ocorreu em Agosto de 2012 a alteração societária, mas devido a trâmites societários, assumiu de fato em Novembro de 2012, onde o mesmo assumiu e não sabia da situação das duas faculdades. Afirmou que as duas Faculdades serão tratadas de forma separada, esquecendo a ideia da gestão anterior de realizar a fusão de ambas faculdades (Haja visto que o MEC não autorizou essa Fusão anteriormente). Afirmou que o Grupo está comprometido em realizar a reestruturação das duas faculdades e dispostos a melhorar o nome de ambas. O Diretor Presidente da Galileo apresentou o "Plano de Reestruturação" da UC e UGF à Comissão dos Deputados. Disse que este plano foi elaborado em Fevereiro de 2013, após uma análise das duas instituições. Uma das frases de Alex Porto que chamou atenção foi: "Vamos fazer educação séria". Após essa frase, Alex Porto encerrou a apresentação e abriu a fala aos Deputados.

Os Deputados olharam o "Plano de Reestruturação". Todos tiveram a mesma conclusão: O que se dizia "Plano", nada mais era do que uma "Carta de Intenções", pois nesse "Plano" não existia nenhum número, gráfico, organograma, capital necessário para a reestruturação, prazos, datas, metas e até mesmo o plano de ação (Em breve vamos disponibilizar esse plano na íntegra). Os Deputados repudiaram esse "Plano" e um deles indagou sobre a participação do Grupo em 2 faculdades que possuíam graves problemas financeiros, onde o mesmo as compra e não possui dinheiro para investir, deixando a entender que "compraram de olhos fechados", sem saber dos problemas que ocorriam em ambas.
Um dos Deputados perguntou: "-Existe capital para investir e manter as faculdades?"
Alex Porto respondeu que havia capital suficiente e de sobra para investir e manter ambas as faculdades, afirmando que a Galileo Educacional possui estabilidade financeira.
O DCE-UGF apresentou uma Pauta de Reivindicações, evidenciando problemas estruturais e de cada curso da UGF. Esta pauta foi entregue ao Diretor Presidente da Galileo e um dos Deputados perguntou: "-É possível acolher e se comprometerem com tudo o que está nesta pauta, com prazos definidos?"
No momento dessa pergunta, não só Alex Porto, mas como todos os membros da Galileo presentes, estavam totalmente distraídos, alguns mexendo nos seus celulares, demonstrando total desinteresse em resolver os problemas expostos. Em resposta, Alex Porto pediu um prazo de 10 dias para reformular o "Plano de Reestruturação" e resolver os problemas citados na Pauta de Reivindicações da UGF.

Um dos Deputados exigiu os pagamentos imediatos de todos os convênios da UGF ou que se façam novos, pois a situação é de extrema urgência. Também exigiu prazos e atitudes imediatas para a atual situação de ambas as faculdades, retrucando o prazo de 10 dias solicitado pela Galileo. Mais uma vez os Deputados perguntaram que realmente existia dinheiro na Galileo Educacional para resolver os problemas das faculdades. Alex Porto ratificou que existia dinheiro e bens suficientes para "tocar" o projeto. Um dos Deputados perguntou quanto dinheiro a Galileo possuía, já que alegavam possuir "dinheiro de sobra". Alex Porto respondeu que não sabia ao certo, mas que em 10 dias estará registrado no novo "Plano de Reestruturação". Abaixo segue o link de uma postagem do nosso Blog que mostra o total da dívida da Galileo e quanto dinheiro a mesma possui, já que o Diretor Presidente do Grupo não soube responder. (A explicação está no item n° 2)
http://dce-uc.blogspot.com.br/2013/03/esclarecimentos-sobre-galileo.html

Os Deputados também perguntaram sobre a fundação da empresa, quais são os sócios, quem foram os fundadores. Alex Porto se limitou em dizer somente a partir da nova gestão, assumida por Adenor Gonçalves, que é Pastor da Igreja Batista e empresário nas áreas de comunicação, petróleo, construção civil agronegócios e hospitalar, enfrentado mais de 70 processos judiciais (Link abaixo), dizendo que não conhecia ao certo como o Grupo foi fundado, mencionando apenas o nome de Márcio André Mendes Costa, que foi o fundador da Galileo, juntamente com outras duas empresas. Abaixo está mais uma publicação do nosso Blog que explica como foi a fundação da Galileo Educacional e seus sócios:
http://dce-uc.blogspot.com.br/2013/03/galileo-educacional-nao-da-mais.html

Nesse momento, o Presidente do SindMed/RJ, Professor Bigu, expôs toda a situação que a Santa Casa de Misericórdia está sofrendo, mediante a falta de pagamento do convênio, por não existir um contrato de convênio com a Santa Casa, sendo apenas um acordo de palavras, denunciou sobre as aulas que os alunos de Medicina da UGF tiveram em salas alugadas em Shoppings. Também repudiou o prazo de 10 dias que a Galileo solicitou a Comissão, exigindo atitudes imediatas do Grupo, dizendo ainda que o Plano já deveria ter sido elaborado há muito tempo, pois a crise das faculdades não é recente, se arrastando por mais de 2 anos. Ainda falou diretamente ao representante do MEC, que só estava para observar a reunião, que a transferência de mantença das duas faculdades tinha sido irregular, pois não foram apresentados os documentos necessários e o MEC está escondendo os mesmos.

Os Deputados, mediante as declarações do Professor Bigu, solicitaram à Galileo que incluíssem no Plano de Reestruturação os documentos que foram envolvidos na transferência da mantença das duas faculdades, cobraram do MEC para se comprometer em fiscalizar os comprometimentos firmados pela Galileo Educacional. Também pediram que os Alunos e Professores participassem na elaboração desse Plano, pois é de total interesse da Comunidade Acadêmica. Um dos Deputados mencionaram que estiveram no dia anterior em reunião com o Ministro da Educação, Aloizio Mercadante, onde o mesmo afirmou estar ciente da situação e que a greve na UGF tinha "acabado", numa forma de tirar o MEC da jogada. Os Deputados presentes rebataram o Ministro, dizendo que a situação não havia sido resolvida, cobrando uma intervenção do MEC em ambas as faculdades.

Questionado sobre a situação dos Funcionários, que também estão com os salários atrasados, Alex Porto disse que ainda estão avaliando a situação, deixando subentendido que haveria demissão de alguns Funcionários. Em relação a demissão de Professores, o Diretor Presidente da Galileo afirmou que até o final  desse ano não haveria nenhuma demissão, pois está no Termo de Compromisso assinado com os Docentes. Também mencionou sobre a criação de um Conselho Universitário. Os Deputados solicitaram que fosse incluído no Plano de Reestruturação, quantos professores foram demitidos nos anos de 2011 e 2012.

Por fim, os Deputados pediram paciência dos Alunos e Professores da UC e UGF, pois os problemas não seriam resolvidos nessa reunião. Aguardarão o prazo de 10 dias solicitado pela Galileo Educacional para agir. A UNE informou à todos os presentes que uma Comissão Paritária foi formada, com 4 alunos da UC e 4 da UGF, para reuniões semanais em Brasília no MEC para resolver a situação das duas faculdades. O Presidente do CAMED foi o último a ter o direito a fala, repudiando o comportamento e comprometimento da Galileo Educacional em relação ao Plano de Reestruturação, haja visto que os mesmos teriam prometido a elaboração deste mesmo Plano em Dezembro de 2012, postergando-o para Fevereiro de 2013 e estamos em Abril de 2013 e NADA foi feito. O CAMED se mostrou perplexo com a afirmação dos recursos que a Galileo possuía, não sendo capaz de pagar a conta de telefone do Campus Piedade, que se encontrava cortada até o presente momento, e também as contas de Luz e Água, correndo o mesmo risco serem cortadas, pois existe um atraso nos pagamentos de ambas. Pediu que Vera Salvador fosse convidada a se retirar do Campus da Piedade, pois a mesma está morando dentro da Reitoria da Unidade. Também fez a proposta de que os Reitores e Pró-Reitores fossem eleitos pela Comunidade Acadêmica, haja visto que a Galileo pretende fazer tudo com a participação dos Alunos, Professores e Funcionários, não indicando pessoas para ocuparem os respectivos cargos, sendo que essa indicação já foi feita em ambas as faculdades, sendo um afronta a toda a Comunidade Acadêmica.

Durante toda a Reunião, enquanto os Deputados faziam seus questionamentos e perguntas, os representantes da Galileo Educacional se mostraram TOTALMENTE DISTRAÍDOS E DESINTERESSADOS pelos questionamentos levantados, atendendo ligações durante a reunião, mexendo em seus celulares e alguns saindo de sala por alguns momentos.

Abaixo estão algumas fotos da reunião:

Ao fundo, representantes da Galileo Educacional. A frente, representantes da ADGF.

A direita, UNE e UEE ao fundo. A esquerda, a Comissão dos Deputados.

Ao fundo, Marcelo Guimarães, Pró-Reitor Administrativo da UC.

Ao fundo, de gravata vermelha, Alex Porto, Diretor Presidente da Galileo Educacional.

Ao fundo, os Reitores da UGF e UC, respectivamente.

Marcelo Guimarães, demonstrando estar "a vontade" na reunião.

Mais uma vez, Marcelo Guimarães "atento" aos questionamentos dos Deputados

Ao final da reunião, alguns Deputados falaram com os Estudantes da UniverCidade que estavam em frente a sede da Galileo Educacional, fazendo uma manifestação.

Deputados falando com os Estudantes da UC

Portanto, fica aqui registrado os acontecimentos da Reunião da Comissão de Educação da Câmara. Próximo encontro daqui à 10 dias.



Perfil do DCE-UC no FACEBOOK:
https://www.facebook.com/dce.univercidade
Email do DCE-UC:
dceuc2012@gmail.com


"Saudações a quem tem coragem"