quinta-feira, 18 de julho de 2013

Resultado da Assembleia Estudantil - 17 de Julho

Ontem, dia 17 de Junho, às 19:30h na unidade Gonçalves Dias, aconteceu a Assembleia Estudantil da UniverCidade, que debateu a atual situação da faculdade e decidiu os rumos do movimento. Estavam presentes alunos de todas as unidades da UniverCidade (Ipanema, Madureira e Gonçalves Dias), a UEE-RJ, alunos da UFRJ, UERJ e professores da Associação Docente da Cidade (ADOCI).

A assembleia teve como pauta:
  1. Esclarecimento da atual situação e dos motivos da nova greve;
  2. Esclarecimento do posicionamento do DCE sobre a greve;
  3. Rumos do movimento estudantil

1. A assembléia foi iniciada com a explanação da atual situação da faculdade e dos motivos que levaram à  essa nova greve dos professores. O BLOG DO DCE-UC publicou recentemente uma matéria sobre o assunto supracitado, sobre o qual as informações passadas à assembléia são de mesmo conteúdo do post no blog. Segue o link da matéria no blog.

2. O DCE explicou os motivos pelos quais era contra a greve dos professores. Como dito anteriormente, existe uma postagem neste blog que explica o referido assunto, mas complementando a explicação, o DCE, ao se declarar contrário a greve, baseou-se nos diversos emails, ligações e mensagens pelo Facebook recebida pelos alunos, inclusive em conversa com alguns estudantes nas unidades. Essa decisão contrária foi em razão do DCE ser a voz e a representação dos alunos. No entanto, não devemos nos esquecer que os professores votaram em assembléia, realizada no dia 12 de Abril, antes da volta às aulas, que em caso de descumprimento do Termo de Compromisso, eles poderiam parar novamente as atividades, conforme publicado pelo BLOG DO DCE-UC. E esse é o cenário atual.

3. Diante do atual panorama, a assembléia foi unânime que apenas conversas com a mantenedora da faculdade, Galileo Educacional, não serão suficientes para que a situação se resolva, haja visto todo o histórico da mantenedora nas greves anteriores. Atitudes mais enérgicas terão que ser tomadas para que essa situação se resolva o mais breve possível. O não posicionamento e a passividade do MEC perante ao atual cenário da faculdade foi duramente criticado pela assembléia, causando extrema indignação à comunidade acadêmica.

Depois de mais de 2 horas de debates, opiniões e explicações, foram deliberados pela assembleia:
  • Em votação, os alunos decidiram pelo apoio a greve dos professores;
  • Uma manifestação em frente a sede da Galileo Educacional na próxima segunda, dia 22 de julho, às 18h;
  • Próxima assembléia dos alunos na sexta feira, 19 de julho, às 19h na unidade Gonçalves Dias, devido a promessa de pagamento dos salários no dia 18 de julho aos professores e funcionários. Segue link do evento no Facebook;
  • Eleições para o DCE, estatização da faculdade e protesto no MEC foram postergados para debate na próxima assembleia.

Então, fica aqui registrado, os acontecimentos da Assembléia Estudantil da UniverCidade. O momento é de extrema mobilização e união de todas as partes envolvidas, para que, assim, possamos ter a volta às aulas e findar nosso período. Contamos com a presença de todos os alunos na próxima assembléia para debatermos nossa atitude perante a falta de respeito e arbitrariedades cometidas pela Galileo Educacional.


VAMOS JUNTOS, VAMOS À LUTA!


Perfil do DCE no Facebook
Email do DCE: dceuc2012@gmail.com

"Saudações a quem tem coragem"