sexta-feira, 9 de novembro de 2012

No Rio, Justiça lacra universidade em estação de metrô e afeta mais de mil alunos

Mais de mil alunos da UniverCidade, uma das principais instituições privadas de ensino superior do Rio de Janeiro, foram afetados com o fechamento da unidade Carioca, localizada no interior da estação de metrô de mesmo nome, no centro da cidade.
A concessionária Metrô Rio move desde 2009 ação judicial contra a instituição por falta de pagamento do Termo de Permissão de Uso. A Galileo Educacional, que administra a UniverCidade, esperava reverter na última segunda-feira (5) a decisão, mas a unidade permanece lacrada.
Segundo relato de estudantes, no dia 30 alguns professores e alunos já estavam na unidade quando chegou a ordem de desocupação. O estudante de tecnologia em rede e diretor do DCE (Diretório Central de Estudantes) da unidade Carioca da UniverCidade, Anderson Pereira, 26, conta que ficou sabendo do fechamento pelas redes sociais.
Os alunos transferidos passaram a assistir a aulas em outra unidade da UniverCidade e em unidade da Universidade Gama Filho, também administrada pelo grupo Galileo Educacional. Para a estudante de administração e membro do DCE, Vanessa Silva, 28, a transferência para outra instituição não poderia acontecer.
“Mesmo administradas pelo mesmo grupo, essa mudança é irregular. São universidades diferentes, cada uma com seu método de ensino e grade curricular. Os alunos estão desorientados”, afirmou.

Clique aqui, continue lendo sobre esta reportagem.