sábado, 12 de outubro de 2013

Audiência Pública no Senado Federal - 12 de Outubro

Na quarta-feira (09/10) às 10h ocorreu a Audiência Pública na Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal que debateu: "As dificuldades enfrentadas pela Universidade Gama Filho e pelo Centro Universitário da Cidade, mantidos pela empresa Galileo Educacional". A mesa foi composta por:

- Letícia Portugal - Representante dos alunos da UniverCidade e Presidente do DCE Sete de Setembro;
- Julliene Salviano - Representante dos alunos da Gama Filho;
- Carlos Alberto Peregrino - Representante da Sociedade Universitária Gama Filho (SUGF);
- Alex Porto - Representante da Galileo Educacional;
- Marta Abramo - Secretária de Regulação e Supervisão da Educação Superior (SERES);
- Cyro Miranda - Presidente da Comissão de Educação, Cultura e Esporte.

O Senador Cyro Miranda abriu a Audiência e a primeira a discursar foi Letícia Portugal, que iniciou sua fala citando o Artigo 205 da Constituição, que trata da Educação. Seu discurso passou por uma retrospectiva desde a entrada do Grupo Galileo na UniverCidade e findou-se num apelo aos Senadores e Deputados presentes, para que não somente nos ouçam, mas nos ajudem a buscar uma solução EFETIVA e ÁGIL para nossa situação. Segue link do vídeo com o discurso:



Em seguida, Julliene Salviano, em seu discurso, leu um artigo da LDB em que trata das competências do MEC. Julliene em sua fala, lembrou que os problemas sofridos pela UGF já vinham antes da entrada do Grupo Galileo. Segue link do vídeo com o discurso:



Ao contrário do propósito da Audiência, Carlos Peregrino e Alex Porto pareciam pouco preocupados com o futuro dos alunos, professores e funcionários. Suas exposições basicamente trataram de problemas financeiros e troca de acusações, onde Carlos Peregrino afirmou ser a UniverCidade a culpada dos problemas enfrentados pela UGF. Em nenhum momento os dois representantes apresentaram soluções  ou propostas a fim de resolver os problemas enfrentados pelas IES. Tal fato indignou a todos os presentes e seus discursos em nada convenceram aos Senadores e Deputados, que veem uma intervenção do MEC como única saída para as IES.

Segue o discurso de Carlos Alberto Peregrino, representante da SUGF.



Em seguida o discurso de Alex Porto, Diretor-Presidente da Galileo Educacional.



O MEC, por sua vez, continua a afirmar sua impossibilidade de intervir. Tal discurso foi questionado pelos presentes, que dessa forma, afirmaram ser necessário que busquemos meios para que isso ocorra.

Segue o discurso de Marta Abramo, representante do MEC, fez seu discurso:



Ao final da audiência, a Presidente do DCE fez suas considerações finais.



O Presidente da Comissão, Cyro Miranda, se prontificou a conversar com o Ministro da Educação, Aloisio Mercadante, bem como o Deputado Molon e Senador Lindbergh.

Agradecimentos:

Aos Senadores Paulo Paim, Cristóvam Buarque e Ana Amélia Lemos, que prontamente atenderam ao nosso apelo e foram os autores do requerimento desta Audiência.

Ao Senador e Presidente da Comissão de Educação, Cultura e Esporte, Cyro Miranda, por sua dedicação e interesse em ouvir-nos e buscar uma saída.

Aos Senadores Inácio Arruda, Lindbergh Farias, Randolfe Rodrigues e Ana Rita; Deputado Estadual Robson Leite, Deputado Federal Alessandro Molon, Deputado Federal Glauber Braga, Deputada Federal Jandira Feghali que dispensaram suas atenções à nossa causa e apoiam a luta da UniverCidade e UGF.


À Comissão de Educação, Cultura e Esporte nas figuras de seu Secretário Júlio Linhares e Secretária Adjunta Adriana Gomes que, juntamente com sua equipe, desempenharam papel fundamental para possibilitar esta Audiência Pública.

Seguem algumas fotos da Audiência:

Letícia Portugal, Presidente do DCE Sete de Setembro

Todos os presentes na bancada.
 




Momento do discurso de Alex Porto (preto), Diretor-Presidente da Galileo Educacional

Depois de muita luta, os alunos da UniverCidade conseguiram chegar até Brasília e conquistar espaço para expor os diversos problemas e mazelas causadas pela administração da Galileo Educacional. O que antes era "desconhecido" por parte dos Deputados e Senadores de Brasília, a partir dessa audiência, não será mais.

Estamos ganhando espaço e unindo forças para o movimento #FORAGALILEO. Esse é o momento de toda a comunidade acadêmica estar imbuída nessa corrente e nos tornarmos mais fortes para combater as arbitrariedades cometidas pela Galileo Educacional.


Vamos à Luta!



Página do DCE no Facebook
Email do DCEdceuc2012@gmail.com

"Saudações a quem tem coragem"